SiSU -  Ministério da Educação

SiSU: confiabilidade e performance NasNuvens para um sistema que atende milhões de estudantes em todo o País.

O desafio

O SiSU (Sistema de Seleção Unificada) é um programa do Ministério da Educação (MEC) que oferece vagas em universidades públicas por meio de um processo seletivo totalmente automatizado. Anualmente, milhões de estudantes em todo o País se inscrevem no sistema. Com o desafio de utilizar um serviço 100% em nuvem, uma plataforma digital desse porte pedia soluções à altura para garantir excelência em um momento crucial da vida do estudante: a entrada no ensino superior. O NasNuvens foi o escolhido para promover essa operação sem paralisações ou qualquer outro risco.

A solução

Para garantir o melhor desempenho e ser capaz de resolver os desafios tecnológicos, o MEC escolheu o NasNuvens para operar seu gigantesco sistema. Num país continental como o nosso, todo o cuidado e atenção são necessários para que o processo ocorra da melhor maneira possível. A solução encontrada foi migrar o SiSU para o ambiente de nuvem.

Lá, o portal do sistema dispõe de uma infraestrutura com capacidade para atender a milhões de conexões e milhares de acessos simultâneos recebidos em um curto período – os dias de inscrições que acontecem duas vezes por ano. Além de alta capacidade computacional, essa infraestrutura oferece elasticidade, escalabilidade, agilidade, segurança e estabilidade, com possibilidade de crescer conforme demanda.

A primeira edição de 2021, realizada em abril, explica em números as vantagens do NasNuvens: quase um milhão e meio de inscrições em um dia de seleção, sem indisponibilidades no programa, graças ao trabalho do time de especialistas responsável pela operação e à estrutura eficiente que a nuvem permite.

Com a palavra, o subsecretário de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) do MEC, André Henrique Castro: “Foram realizados múltiplos testes, validações de recursos, análises de segurança, simulações e testes de carga, que nos possibilitaram antecipar as eventuais ocorrências e comportamentos dos usuários. Obviamente, nem sempre todas as variáveis são controladas e, por isso, ter times de especialistas de alto gabarito atuando em tecnologias e ferramentas modernas, viabilizar uma maior capacidade de atuação do time. Sem dúvida, o uso da infraestrutura em nuvem nos trouxe os recursos necessários para viabilizar todo o projeto, permitindo com que dimensionássemos o ambiente, conforme a necessidade, e zelando pela busca do ‘custo ideal’, uma vez que foi possível eliminar ociosidades e aumentar a vazão em momentos de necessidade. O recurso de elasticidade e escalabilidade sem dúvida é um grande diferencial para soluções como o SiSU, que movimentam milhões de acessos concentrados em dias e horas específicas”, defende.

Os resultados alcançados

Diante dos resultados expressos em números - como picos de 64.500 usuários simultâneos e 6.505 inscrições por minuto, o secretário de Educação Superior (Sesu) do MEC, Wagner Vilas Boas, afirma o sucesso dessa edição do SiSU: “A migração do programa para a nuvem aumentou a capacidade de acessos, garantindo a estabilidade e a escalabilidade na capacidade de processamento para atender à demanda crescente de estudantes. O MEC levou em consideração a necessidade de investimento em infraestrutura para comportar um sistema que recebe um enorme volume de acessos em aproximadamente dez dias por ano e que beneficia milhões de brasileiros, pois o SiSU é a principal forma de acessar o ensino superior público, por meio da nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no Brasil”, argumenta.

"A migração do programa para a nuvem aumentou a capacidade de acessos, garantindo a estabilidade e a escalabilidade na capacidade de processamento para atender à demanda crescente de estudantes" -  André Henrique Castro

Victoria Angel, de 18 anos, concorrente a uma vaga no curso de Medicina, conta que fez suas inscrições no portal no primeiro dia de sistema e comemora a sua experiência com o site: “Fazer a inscrição foi bem tranquilo! Achei o site bem intuitivo e prático. Durante os dias de inscrição, eu entrava no site pela manhã, não precisei entrar de madrugada. Não caiu em momento nenhum! Não tive nenhum problema”.

André Henrique Castro enfatiza: “O grande desafio das áreas de tecnologia modernas é entender que não realizamos gestão da TI pela TI, mas entender o negócio e saber que a TI faz parte da estratégia e capacidade de entrega de valor de uma instituição faz todo diferencial. Assim, saber que, eventualmente, uma falha de segurança, uma instabilidade do sistema ou ainda a sua indisponibilidade pode prejudicar o resultado final da política pública, nos leva a ter ainda mais zelo por esses princípios. Termos a oportunidade de realizar um processo dessa complexidade, que tem enfrentado, historicamente, problemas de desempenho e indisponibilidade, recebendo feedbacks dos nossos usuários de que a solução funcionou e estava disponível quando foi necessária, com realização de inscrições em cerca de cinco minutos, nos traz grande alegria frente ao resultado alcançado. Temos a certeza que demos um grande passo de qualidade e entrega de valor com este ciclo do SiSU”, vibra o subsecretário.

A migração do sistema para a nuvem foi a conquista de um ambiente estável, ágil e seguro, além de econômico.

É o NasNuvens propiciando a melhor experiência para o estudante brasileiro na hora de escolher o seu futuro.

ASSINE NOSSA NEWS

Receba no seu e-mail informações sobre computação em nuvem com os melhores especialistas do mercado.

Assinatura enviada com sucesso. Obrigado.
Oops! Something went wrong while submitting the form.

compute

Gerencie seus recursos computacionais

O Compute é um serviço ofertado pela RNP que agrega Infraestrutura e Plataformas no modelo de serviço em nuvem (IaaS e PaaS) para as instituições de ensino e pesquisa em todo o sistema.

SAIBA MAIS